[contact-form-7 id="78" title="Schedule a Visit"]

Schedule a Visit

Nulla vehicula fermentum nulla, a lobortis nisl vestibulum vel. Phasellus eget velit at.

Call us:
1-800-123-4567

Send an email:
monica.wayne@example.com

Transtornos de personalidade
·

Transtornos de personalidade

Um transtorno de personalidade é um padrão rígido e permanente no comportamento de uma pessoa, que gera desconforto, dificuldades em seus relacionamentos e em tudo a sua volta. Os transtornos de personalidade começam na adolescência ou início da idade adulta.
Os mais comuns são:
Transtorno Personalidade Borderline (TPB)
O transtorno de personalidade borderline se caracteriza por uma personalidade fraca, que muda continuamente e duvida de tudo. Os momentos de calma podem se tornar, instantaneamente, em momentos de raiva, ansiedade ou desespero. Essas pessoas vivem suas emoções ao máximo, e seus relacionamentos amorosos são intensos, pois eles tendem a idolatrar a outra pessoa ao extremo.
Alguns de seus sintomas incluem: uma raiva intensa junto com a incapacidade de controlá-la, esforços frenéticos para evitar o abandono real ou imaginário, alternância entre extremos de idealização e desvalorização nas relações interpessoais, auto-imagem instável e sentimentos crônicos de vazio.
Transtorno de Personalidade Anti-Social (TPAS)
Mais conhecido como psicopatia ou sociopatia, se caracteriza pela tendência de não interagir na sociedade. Os diferentes sintomas e comportamentos que caracterizam o TPAS incluem: roubo, agressão, tendência à solidão, violência, mentiras… Além disso, as pessoas afetadas por esse transtorno tendem a serem tímidas, deprimidas ou depressivas e sentem ansiedade social devido ao medo de serem rejeitadas. Apesar disso, a terapia psicológica é muito eficaz no tratamento dos problemas de anti-sociais.
 
Fonte: Adaptado de Taiz de Souza, disponível em: http://www.psiconlinews.com/2016/01/os-16-transtornos-mentais-mais-comuns.html

Categorias: Psicanálise

Dr. Gleubert Coliath

Dr. Gleubert Coliath

Psicanalista clínico que professa a fé cristã; seu trabalho fundamenta-se nos padrões éticos, metodológicos e científicos que a profissão exige. Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, pesquisador nas áreas de antropologia, estudos da complexidade e ciências sociais.

Deixe uma resposta